Estudo descobre que as pessoas esquecidas são mais inteligentes

Se você é uma destas pessoas que costuma esquecer datas comemorativas, onde deixou as chaves, o controle remoto, celular, e vive tendo os famosos apagões ou brancos durante o dia a dia, não se preocupe e nem fique envergonhado. Este pode ser um sinal de uma grande inteligência.

A Universidade de Toronto, no Canadá, realizou um estudo onde constatou que as pessoas chamadas de “esquecidas”, e mesmo que pareça contraditório, possuem uma boa memória para as coisas realmente importantes.

O estudo mostrou que o esquecimento pode ser uma fator chave muito importante na manutenção da memória. Isso por que ele permite que o cérebro apenas se concentre em fatos e informações que sejam mais relevantes e que possam influenciar na tomada de decisões do dia a dia.

Veja um trecho do texto sobre o estudo:

“Estudo neurocientifico translacional, divulgado na RTP-1 recentemente, reforça o papel da MEMÓRIA na optimização dos processos de tomada de decisão. Admite-se que indivíduos com melhor traço de memória poderão estar mais aptos para as melhores escolhas. A MEMÓRIA é dinâmica alternando entre estados de permanência e passageiros, dependendo de áreas cerebrais conectadas em redes de biliões de neurônios, onde circulam também dados desnecessários (informação ruidosa) que podem condicionar o primeiro nível de APRENDIZAGEM, a CODIFICAÇÃO, que é quando se atribui significação a um estímulo. Então os hipocampos; as amígdalas e territórios do córtex frontal em sincronia diminuem a força do sinal inútil promovendo espaço para que novas memórias se imprimam no tecido nervoso cerebral. Este mecanismo competitivo de padrões no fluxo de informação chama-se de REGULARIZAÇÃO tal como na computação com inteligência artificial. É assim é possível fazermos GENERALIZAÇÕES com grandes quantidades de informação. E sendo a MEMÓRIA moldável é possível optarmos por comportamentos flexíveis e adaptados.”

O esquecimento trata-se de uma maneira de limpar o cérebro e serve para apagar as informações menos importantes, para que haja mais espaço para as mais importantes.

Resumindo, de acordo com o estudo, quando nosso cérebro esta cheio de informações inúteis, fica mais difícil tomar decisões no cotidiano, por isso é muito importante que não tentemos guardar tudo em nosso cérebro para não sobrecarregá-lo.

Você também vai se interessar:

O que você achou deste estudo? Você também é uma pessoa esquecida?

Conte para nós a sua experiencia com este assunto.

Fonte: Vix | Estudo

Recomendado para você

‘O Outro Lado do Paraíso’: Novo ‘... Desde o começo da trama da novela 'O Outro Lado do Paraíso' Sophia mostrou que não era uma pessoa boa e ao longo da trama foi revelando ser uma pessoa...
Qual a melhor forma de consumir a banana? Você sab... A banana é uma das frutas mais consumidas no mundo inteiro e aqui no Brasil, por ser um país tropical, é um alimento básico. Além disso, em nosso ...
‘O Outro Lado do Paraíso’: Zé Victor i... Caetana passará por um momento de pânico nos próximos capítulos da trama da novela 'O Outro Lado do Paraíso'. Primeiro porque Clara irá pedir q...
Horóscopo de hoje: 16/03/2018 Sem dúvida, todos os dias estão cheios de possibilidades e oportunidades que nos esperam e só temos que aprender a aproveitar e apreciar. Mas, se ...
“O Outro Lado do Paraíso”: Clara confe... Será que o primeiro amor se esquece? Pode ser que sim, pode ser que não... Quem sabe? Pelo menos na trama de Walcyr isso poderá pesar na hora de C...
4 maneiras de se livrar da coceira no couro cabelu... Quem sofre com coceiras no couro cabeludo sabe o quanto isso pode incomodar. Muitas vezes  o couro cabeludo pode escamar, deixando os fios com uma...
“O Outro Lado do Paraíso”: Fabiana inv... O grande confronto entre Clara e Fabiana está perto de acontecer. Segundo o roteiro, Fabiana irá para Pedra Santa junto com Renato com sangue nos ...
Aprenda a fazer em casa um alisamento natural perm... Provavelmente a maioria das mulheres sonham com cabelos lisos, brilhantes e macios. Os fios retos estão em tendência nos dias de hoje. No entanto,...

Deixe seu comentário